Assim Caminha a Humanidade (1956), de George Stevens

image

O choque das diferenças

O verdadeiro tema de Assim Caminha a Humanidade (pois, como todo grande filme, este tem um ponto de interesse disfarçado sob o enredo) é o choque de diferenças. Para isso, Stevens se concentra numa tradicional família latifundiária do Texas no início do século XX. Hudson é um jovem milionário que acaba de se casar com uma jovem de Washington (Liz Taylor) e patrão de um sem número de esforçados trabalhadores rurais, alguns imigrantes mexicanos, outros texanos menos abastados, como o marrento Jett Rink, brilhantemente encarnado por James Dean.

Uma série de oposições parece se encontrar bem na mansão desta família: o pensamento progressista do leste na figura de Liz Taylor contra o conservadorismo do texano Rock Hudson, a riqueza de poucos e a pobreza da maioria, o conflito de gênios de Hudson e Dean, a tradicional criação de gado contra a novidade da exploração do petróleo, o conflito racial texanos/mexicanos, os desejos tradicionais da família em oposição às vontades juvenis dos filhos. Em suma, a dualidade tradição/progresso. Talvez por isso o filme tenha o Texas como uma personagem tão presente, pois é a terra que dá o sustento a essas personagens, o que acaba por fixá-las, tanto fisicamente quanto ideologicamente, independente se ele se dá pela pecuária ou petróleo.

O ápice desse jogo de dualidade ocorre no terço final quando os filhos de Hudson e Taylor estão crescidos e buscam trilhar seu próprio caminho, opondo-se aos desejos dos pais. Mais do que simplesmente mostrar um problema familiar, Stevens agiganta o poder dos novos tempos, mostrando que pessoas como Hudson, Taylor e Dean já não tinham lugar no novo mundo – a cena chave é Dean discursando embriagado e se atrapalhando sozinho já que ninguém mais queria ouví-lo. Era o fim dos anos cinqüenta e Stevens já sentira que em novos tempos – os intempestivos anos 60 – muitas idéias e pessoas não teriam mais lugar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: