HOJE NA TV: Primo Basílio

primo basilio

MELÔ SUB-PRODUTO

Quando do lançamento de Primo Basílio, Daniel Filho indicara que o povo brasileiro era noveleiro e que as mulheres ainda escolhiam o programa de cinema de um casal comum.

E o que isso tema ver com cinema? Aparentemente nada.

Mas talvez tenha alguma ligação com o que Daniel Filho acredita ser audiovisual: um sub-produto televisivo. Pois este filme não passa, nesta concepção de audiovisual, de uma receita: um galã mau caráter, uma mocinha inocente, um marido dedicado porém ausente, uma amiga que trai seu marido para evitar o tédio, a vilã traiçoeira. Personagens esquadrinhados e tratados com palidez em uma história melodramática com o selo de qualidade de produção da maior rede de televisão do país. Nesse cenário de audiovisual, junta-se a fome com a vontade de comer.

O que diferencia basicamente o romance moral de Eça de Queirós do moralismo televisivo de Daniel Filho é que enquanto os exageros literários do português deixam para as entrelinhas a função de questionar seu tempo e lugar (o romantismo literário e a sociedade de aparências lisboeta), o filme do brasileiro se movimenta em direção a uma limpeza de qualquer traço de registro histórico, político, geográfico, social, seja em primeiro ou segundo plano.

Com isso, só está claro o melô. A roupagem é inspirada em Nelson Rodrigues, o que, sem a dramaturgia irônica deste, deixa mais exposta a receita de bolo audiovisual de Daniel Filho. Tudo está às claras em Primo Basílio, menos porque o interesse esteja em uma segunda camada, mas porque é feito para quem, supostamente, não sabe ver.

Primo Basílio, dir Daniel Filho (Cinemax – 20h30)

Anúncios
2 comentários
  1. Nina disse:

    Êta. Muito bem dito/escrito. Assino embaixo.

  2. Angelo (Massaroca) disse:

    que o povo brasileiro é noveleiro e que as mulheres escolhem o programa de cinema de um casal comum, isso não tem como negar… agora eça de queiroz é o escritor perfeito pra ser esvaziado em adptações cinematográficas melodramáticas rasteiras… é triste

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: