O Segredo dos Seus Olhos (Juan José Campanella, 09)

O novo filme de Campanella tem a sede classicista que já aparecia em seus filmes anteriores. Depois de dirigir diversos episódios da série House, ele retorna à Argentina para fazer este suspense açucarado.

É um filme divertido, consegue manter a tensão e o mistério na maior parte do tempo, cria-se um clima interessante. Sua inspiração clara é o filme de detetive dos anos 40. O açucar melancólico de O Filho da Noiva parecia dar lugar aqui a um humor melancólico, principalmente na figura de Sandoval, o assistente alcoólatra de Ricardo Darín.

Na parte final do filme, entretanto, Campanella se rende a emoções fáceis que pretendem ser melancólicas, mas não passam de melodrama.

Campanella é inegavelmente um narrador com domínio seguro dos recursos e é capaz de criar cenas fortes. Na maravilhosa cena do estádio de Avellaneda em pleno jogo do Racing, o diretor mostra que seu filme pode decolar mais em ironia e comicidade. Ali, ele alcança talvez o grande momento de sua carreira.

Um pena que o final de O Segredo de Seus Olhos seja um banho de mamão com açucar…

***

N. do E.: Diferentemente do que consta no texto, o jogo fictício do filme não se passa em Avellaneda e sim no estádio do Huracán, adversário do Racing na partida.

Anúncios
4 comentários
  1. Angelo (Massaroca) disse:

    critica preguiçosa!

    • Suza disse:

      Preguiçosa mesmo. E, alem disso: DISCORDO

      • Raul Arthuso disse:

        Você curtiu demais esse filme?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: