A câmera de Millenium Mambo

Na abertura de Millenium Mambo, uma câmera lenta se aproxima da protagonista Vicky e a persegue por uma passarela um pouco acabada.

Vicky anda, fuma, abre os braços, dá seus cabelos ao vento, olha para trás. Em dado momento, olha para a câmera de relance e sorri. Esta permanece atrás da moça, olhando, seguindo.

Esta distância no limiar entre o seguro e o intrusivo, a contemplação e o julgamento, o amigável e o constragedor é a pedra fundamental do ponto de vista de Hou Hsiao-Hsien em sua obra-prima.

Daí ele tira a matéria de seu filme: uma câmera que vê, uma mulher que se deixa ser vista.

Mais que os relacionamentos conflituosos de Vicky com seu namorado e, depois, com seu protetor, o que move Millenium Mambo é o impasse da relação entre uma mulher misteriosa e um olhar que tenta desvendá-la.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: