Diálogo 2

Brasília 18% é o anti-O Signo do Caos.

No filme de Sganzerla há o embaralhamento do jogo para indicar a impossibilidade de telegrafar o Brasil, de gerar imagens que dêem conta de explicar-lhe, um impasse que se faz no fundo de uma história de censura e vem à frente a partir da busca da “imagem do caos”. Edgar Morel, o funcionário, contempla as imagens, fica fascinado por elas, mas vê seu chefe, Dr. Amnésio, interditá-las. E nada pode fazer para intervir na realidade, mas deve lidar com isso. Não há fuga: enquanto todos comemoram, aquele que contemplou as imagens fica apenas entre o impasse e a frustração.

Já em Brasília 18%, um legista brasileiro que mora há anos nos EUA vem à capital para identificar um corpo envolvido numa trama política. A estranheza do filme está mais ligada à dramaturgia: tem algo de noir, de fantástico, de surreal, mas o filme em si é seco como o ar da cidade. Nelson Pereira, contudo, propõe uma imagem acabada de Brasil, onde as coisas são feitas à surdina e violentamente, um país afundado na lama cuja alternativa, ao invés de intervir na realidade, é fugir. Ao invés de impasse e frustração, entreguismo. Nada pode ser feito.

Duas visões femininas chamam a atenção nos filmes por sua simbologia: em O Signo do Caos é Camila Pitanga num cenário com a bandeira brasileira, sambando com sorriso resplandecente e brincando com uma bola de vidro idêntica ao objeto deflagrador do “rosebud” de Cidadão Kane; em Brasília 18% é Bruna Lombardi, a mulher do médico legista, morta em um acidente de esportes radicais e que aparece para nua no avião, em sua cama de hotel ou no vídeo no IML. Em seus respectivos filmes, Camila Pitanga é viva, jovem, sorridente, a subversão da seriedade, o prazer dos olhos; Bruna Lombardi é séria, melancólica, sexual e morta.

São filmes sobre o Brasil realizados por cineastas mais velhos que chegam a lugares bem diferentes por vias diametralmente opostas, não sem uma boa dose de estranheza ao olhar para seu país.

Anúncios
1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: